Conecte-se conosco

Obras

Secretária de Obras realiza trabalho de recuperação de estradas de lavouras no interior do Município

Publicado em

em

Continue lendo
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma Resposta

Geral

EMPRESÁRIOS ANUNCIAM CONSTRUÇÃO DE USINA HIDRELÉTRICAS EM VISTA GAÚCHA

Publicado em

em

As usinas serão instaladas nos leitos dos rios Parizinho e Guarita e representam um investimento conjunto estimado em cerca de R$ 70 milhões de reais.

Por: Jonas Martins Fonte: Jornal Província

Encontro no gabinete do prefeito municipal de Vista Gaúcha (Foto: Prefeitura de Vista Gaúcha)

Um grupo de empresários, denominado Grupo Voltz, em entrevista a Radio Provincia e Rádio e TV A Verdade, na ultima quinta feira 27/09, revelou planos para a construção de duas Centrais Geradoras Hidrelétricas no município de Vista Gaúcha. As usinas serão instaladas nos leitos dos rios Parizinho e Guarita e representam um investimento conjunto estimado em cerca de R$ 70 milhões de reais.

De acordo com Sadi Antônio Pichetti, um dos empresários envolvidos, a maior parte dos projetos já está concluída, incluindo acordos assinados com proprietários rurais cujas terras abrigarão os empreendimentos. A área alagada pelas usinas é mínima, reduzindo os impactos ambientais e simplificando o processo de obtenção das licenças necessárias.

A usina no Rio Parizinho impactará três propriedades rurais próximas às divisas de Vista Gaúcha, Barra do Guarita e Tenente Portela, com capacidade de potência nominal de 0,7MW. Já a usina no Rio Guarita será maior e ficará situada na propriedade conhecida como Saltinho do Guarita, com capacidade de potência nominal de 4,5MW e vai impactar quatro propriedades rurais.

Os próximos passos incluem a busca pelas licenças necessárias para dar início às obras. Pichetti espera que, assim que as licenças forem concedidas, a construção seja iniciada e concluída dentro de um prazo de 2 a 3 anos. Além disso, a empresa planeja contratar mão de obra local para participar da construção.

O Grupo Voltz já possui experiência em empreendimentos desse tipo e opera várias Centrais Geradoras de Energia nos estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. O prefeito de Vista Gaúcha, Claudemir José Locatelli, expressou seu apoio ao projeto e ressaltou que não haverá investimento de recursos públicos, pois se tratam de empreendimentos privados com seus próprios financiadores.

O prefeito também destacou os benefícios fiscais diretos que a cidade receberá com os projetos, uma vez que as usinas terão capacidade de geração de energia praticamente contínua ao longo do tempo. O Secretário de Infraestrutura e Transportes do Rio Grande do Sul, Juvir Costela, está colaborando para agilizar a liberação das licenças, e a concessionária de energia RGE já foi informada sobre os empreendimentos. A rede de energia da usina no Rio Parizinho poderá ser interligada à subestação de Tenente Portela, e a capacidade de geração das plantas poderá atender aos consumos combinados dos municípios de Tenente Portela, Vista Gaúcha e Barra do Guarita.

As Centrais Geradoras Hidrelétricas (CGHs) são usinas hidrelétricas de tamanho e potência baixa. De acordo com a classificação da Agência Nacional de Energia Elétrica, esses empreendimentos podem ter o potencial de gerar de 0 até 5MW de energia.

O Brasil conta com 703 unidades de CGHs em operação instaladas em todo seu território, que representam 717.223 kilowatts (kW) de potência instalada.

As Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) e as Centrais Geradoras Hidrelétricas (CGHs) são empreendimentos de baixo impacto ambiental, sendo assim de grande importância para o meio ambiente, uma vez que protegem as margens dos rios contra erosão e fazem o uso múltiplo das águas para irrigação, pscicultura, lazer e abastecimento para o município.

Além de que a energia gerada por PCHs e CGHs são a forma mais efetiva de reduzir as tarifas da conta de luz dos consumidores e a menos poluente entre toda a cadeia de geração e também a mais limpa entre as outras fontes renováveis.

Como funciona: o modelo de funcionamento de uma CGH é semelhante ao de uma hidrelétrica. A diferença é que a CGH é de porte menor, inferior ao de uma pequena central hidrelétrica (PCH), e que não precisa de autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Continue lendo

Geral

ADMINISTRAÇÃO MUNCIPAL E SECRETÁRIA DE OBRAS PRIORIZAM O MELHORAMENTO DAS ESTRADAS DO MUNICÍPIO

Publicado em

em

A Administração Municipal através da Secretaria Municipal de Obras do Município de Vista Gaúcha, vem trabalhando intensamente na melhoria das estradas vicinais no interior do Município. Após vários dias de chuva e com volumes intensos alguns pontos foram danificados, isso fez com que fosse preciso intensificar os trabalhos na recuperação de alguns pontos estratégicos. Com a melhora das condições climáticas nesta semana o trabalho foi retomado nas localidades de linha Progresso e Linha São Miguel que liga com a sede do Município, trabalho este que já vinha sendo feito antes das fortes chuvas. Para o prefeito Locatelli este trabalho que vem sendo feito nas estradas do Município vem ao encontro dos anseios de nossa população e dos motoristas que trafegam diariamente por estes locais. “Precisamos disponibilizar condições adequadas para o transporte diário de ração, suínos, aves, leite , entre outros, devemos destacar que o nosso Município é essencialmente agrícola para isso é um compromisso da Administração de Locatelli e André proporcionar estradas de qualidade aos nossos munícipes,” concluiu Locatelli.

Continue lendo

Geral

AVENIDA NOVE DE MAIO RECEBE RECUPERAÇÃO

Publicado em

em

Iniciou na quinta feira 02/08, a recuperação da Avenida nove de maio no centro da cidade de Vista Gaúcha. Esta é a segunda etapa que esta sendo realizada na Avenida, sendo que a primeira etapa já foi concluída, onde iniciou em frente a Cooper A 1 indo ate a saída para o Distrito de Bom Plano. O segundo trecho iniciou nas proximidades do trevo da RSC 163 indo até o Atlético Clube Gaúcho e as 3ª etapa será a conclusão do trecho entre o Atlético Clube Gaúcho até a Cooper A1, dependendo apenas da liberação dos recursos pela Caixa Econômica Federal. De acordo com o Prefeito Locatelli este trabalho que esta sendo feito é pela primeira vez após a construção da pavimentação na Avenida nove de maio que foi construído a mais de 20 anos. Disse ainda que a administração Locatelli e André tem vários projetos que estão sendo elaborados e que se tudo der certo ate o final do mandato muita coisa ainda ira acontecer no Município de Vista Gaúcha.

Pode ser uma imagem de 7 pessoas e texto

Continue lendo