Conecte-se conosco

Geral

APRENDIZ COOPERATIVO DO CAMPO INICIA CAPACITAÇÃO DE 25 JOVENS EM TIRADENTES DO SUL

Publicado em

em

Na tarde de segunda-feira (10) foi realizada a abertura das atividades da sexta turma inserida no programa Aprendiz Cooperativo do Campo, desenvolvido através de uma intercooperação entre Cotricampo e CooperConcórdia.

25 jovens que integram famílias que são associadas à Cotricampo e residem em propriedades rurais no município de Tiradentes do Sul, estarão realizando o curso, ao longo dos próximos 23 meses. O Aprendiz Cooperativo do Campo tem como principais objetivos, estimular a permanência dos jovens em suas propriedades rurais, proporcionar às cooperativas agropecuárias o incremento de seu quadro social, promover a continuidade familiar profissionalizada, o empreendedorismo cooperativo e profissionalizar a gestão de pequenas e médias propriedades rurais.

A proposta trabalha a partir de aulas teóricas em sala de aula (416 horas/aula), e atividades práticas supervisionadas na propriedade familiar de cada jovem (1.100 horas/aula), o que totaliza uma carga horária de 1.516 h/a em 23 meses de curso.

Os 25 jovens que participam da turma em Tiradentes do Sul, acompanhados por seus pais, assinaram contrato de trabalho com a Cotricampo, o que garantirá o pagamento financeiro de uma bolsa incentivo mensal.

Desde 2018, o Aprendiz Cooperativo do Campo já formou cinco turmas na área de atuação da Cotricampo: Campo Novo/Braga/Bom Progresso, Crissiumal, Redentora, São Martinho/Sede Nova e Três Passos, com aproximadamente 125 jovens qualificados.

Tiago Moroni de Souza, vice-presidente da CooperConcórdia, reforçou a importância do programa, que garante uma rotina de trabalho e de técnicas aos jovens participantes, “que visam um aperfeiçoamento das capacidades e competências de gestão de um negócio, a partir de sua propriedade, fortalecendo o desenvolvimento de toda a região”.

“O investimento que a Cotricampo faz neste programa agrega muito valor ao seu associado. É uma iniciativa que buscar despertar no jovem uma visão diferenciada para o seu negócio, possibilitando que os pais abram espaço para os filhos também participarem da gestão da propriedade, trabalhando na prática aquilo que é ensinado em sala de aula”, complementa Tiago.

Pelo menos 60 jovens demonstraram interesse em participar desta turma, em Tiradentes do Sul. Neste sentido, Emerson Borgmann, gerente da unidade de negócios da Cotricampo na localidade de Novo Planalto, reforçou o pedido para que os 25 jovens selecionados estejam empenhados ao longo do curso, aproveitando ao máximo esta oportunidade de trabalho e qualificação.

Também participaram da abertura dos trabalhos, a gerente do setor de Recursos Humanos, Meri Guth, o agente de Inteligência e Inovação, Melkisedeke Soares, além dos gerentes do Super Cotricampo e da Loja Agropecuária de Tiradentes do Sul, Sergio Feil e Marcio Kluge Bald, respectivamente.

Desde a concepção do programa, o Aprendiz Cooperativo do Campo já capacitou mais de 800 jovens, em 36 turmas, no âmbito de 11 cooperativas parceiras da iniciativa.

As aulas teóricas, em Tiradentes do Sul, acontecem na Escola Estadual Cecília Meireles, na localidade de Novo Planalto, onde também está sediada a unidade Cotricampo no município.

Fonte: Vinicius Bindé Arbo de Araujo – Jornalista MTE 21077

Departamento de Comunicação Cotricampo

Continue lendo
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma Resposta

Geral

VOCÊ É O NOSSO CONVIDADO ESPECIAL

Publicado em

em

Continue lendo

Geral

HORTO MEDICINAL PERMITE A PRODUÇÃO DE CHÁS CASEIROS

Publicado em

em

Na última sexta-feira, dia 14, pela manhã, a Comissão de Mulheres do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Vista Gaúcha dedicou-se à limpeza e conservação do Horto Medicinal local. Entre risos e conversas, as mulheres trabalharam em equipe para garantir que o espaço estivesse impecável, pronto para oferecer suas plantas medicinais à comunidade.

À tarde, reuniram-se na sala de reuniões do Sindicato para uma atividade igualmente importante: a produção de olina caseira. Esse produto tradicional, conhecido por suas propriedades benéficas para a saúde, estará disponível para venda na sede do Sindicato e na casa do feirante próximo à Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente. Os interessados poderão adquiri-lo toda primeira quinta-feira de cada mês.

A Comissão de Mulheres demonstrou mais uma vez seu compromisso com o bem-estar da comunidade e com a valorização das tradições locais. Essas atividades não apenas fortalecem os laços entre as participantes, mas também contribuem para a sustentabilidade e o desenvolvimento econômico da região.

Continue lendo

Geral

VINÍCOLA VISTA GAÚCHA EXPÕE NA EXPOTCHÊ EM BRASÍLIA

Publicado em

em

A Vinícola Vista Gaúcha destacou-se brilhantemente na Expotchê 2024, um evento que reuniu 27 agroindústrias familiares do Rio Grande do Sul em Brasília. Este encontro singular celebrou não apenas a rica diversidade da produção agropecuária gaúcha, mas também o talento e a dedicação das famílias que estão na linha de frente desse setor vital da economia.

Localizada em uma região de clima privilegiado, a Vinícola Vista Gaúcha é conhecida por seus vinhos e sucos de qualidade excepcional, que refletem o teor único da Serra Gaúcha. Na Expotchê, a vinícola não apenas apresentou seus melhores produtos, mas também compartilhou histórias de tradição e inovação, transmitindo aos visitantes a paixão pela vitivinicultura familiar.

O evento foi uma oportunidade não só de negócios, mas também de troca de experiências entre os produtores, fortalecendo os laços que unem as diversas regiões do estado em torno da valorização da agricultura familiar. A presença da Vinícola Vista Gaúcha na Expotchê 2024 não apenas reforçou sua posição de destaque no cenário vitivinícola nacional, mas também consolidou sua contribuição para a promoção da cultura gaúcha através de seus produtos de excelência.

O sócio proprietário da vinícola Vista Gaúcha, Leonardo Locatelli conta que este foi um ano surpreendente em Brasília. Está foi terceira vez que a vinícola participa do evento e segundo ele, nesta edição, 60% das vendas se deu pelo reconhecimento do produto exposto anteriormente. “Como é gratificante ver as pessoas procurarem pelos nossos vinhos e sucos na feira”, destacou.

Leonardo ressaltou que este tipo de evento é uma forma de levar também o nome do município para outros estados. “Estamos fechando parcerias para que possamos ter nosso produto sempre a disposição de nossos clientes e não apenas nas feiras”, afirmou.

Continue lendo