O governador Ranolfo Vieira Júnior participou, na manhã desta quarta-feira (13/4), de reunião de alinhamento com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em São Paulo. O encontro ocorre periodicamente e serve para avaliar a evolução dos cronogramas das modelagens dos projetos de desestatização, além de discutir novas possibilidades.

Ao participar pela primeira vez da reunião de trabalho como governador do Estado, Ranolfo destacou a intenção de dar continuidade. “Seguiremos com todos os projetos que estão em andamento. Não reinventaremos a roda, especialmente com relação ao que já está posto e que está dando certo”, disse.

Ranolfo está em São Paulo para acompanhar o leilão de concessão de rodovias, que será realizado na tarde desta quarta-feira (13/4), na B3. O BNDES, inclusive, também fez a modelagem do programa RS Parcerias. O leilão desta tarde será do bloco 3 do programa, que engloba 271,5 quilômetros de rodovias na Serra e no Vale do Caí.

Diretor de Concessões e Privatizações do banco, Fábio Abrahão ressaltou que o RS é um referência de capacidade de execução de projetos. “Temos outros Estados com carteiras importantes, mas o RS saiu à frente temporalmente e lidera, com o maior número de projetos em andamento junto ao banco”, informou.

Também participaram da reunião os secretários Leonardo Busatto (Parcerias), Marco Aurelio Cardoso (Fazenda), Artur Lemos (Casa Civil) e Claudio Gastal (Planejamento, Governança e Gestão), o procurador-geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa, e o diretor-presidente da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), Roberto Barbutti.

Texto: Suzy Scarton
Edição: Marcelo Flach/Secom



Governo do Estado do RS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.