A diretoria executiva do IPE Saúde realizou reuniões ao longo da semana com representantes de servidores públicos e sindicatos, com o objetivo de discutir a atual situação da instituição e o plano de reestruturação em andamento. Foram recebidas na sede, em Porto Alegre, entidades integrantes da Federação Sindical dos Servidores Públicos no Estado do RS (Fessergs), do Cpers e da União Gaúcha.

Nas diferentes ocasiões, os integrantes da diretoria executiva detalharam as medidas em curso para o atendimento das demandas em diversas frentes. Entre as quais, uma medida inicial de impacto para os usuários, que envolve uma nova central de atendimento, que deverá ser implantada ainda em abril, além de um canal próprio de ouvidoria.

Também foram apresentadas pelo presidente do IPE Saúde, Bruno Jatene, alternativas em estudo para o enfrentamento das questões relativas à situação econômico-financeira. “O primeiro eixo de ação envolve a reestruturação da despesa, por meio de medidas como o trabalho técnico de revisão e atualização de tabelas de medicamentos, de diárias e de taxas oncológicas, por exemplo, de modo que sejam ajustadas para valores de mercado. Além disso, também trabalharemos na modernização de processos internos, especialmente focados no controle, e em alternativas de financiamento.”

Texto: Raquel Schneider/Ascom IPE Saúde
Edição: Secom



Governo do Estado do RS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.