Foi entregue o espaço renovado do Departamento Estadual de Repressão e Prevenção ao Narcotráfico (Denarc). Localizadas em uma ampla edificação no bairro Navegantes, as dependências do Denarc receberam diversas melhorias estruturais. O Ministério Público do Trabalho, principal parceiro da Polícia Civil na reforma, converteu multa de R$ 1.216.851,92 em serviços de construção, prestados diretamente à instituição por empresa que descumpriu termo de ajuste de conduta (TAC). No total, a reforma, que se iniciou em novembro, custou cerca de R$ 1,5 milhão, contando também com doações da Receita Federal, Ministério Público Estadual e empresas.

Entre as renovações implantadas estão a construção de uma nova Delegacia de Polícia, um novo canil e reformas nos banheiros. Novos pisos foram instalados, assim como novas janelas. Os telhados, trocados e as paredes receberam pintura interna e externa. Os componentes eletrônicos antigos foram substituídos por modernos equipamentos, como significativa economia de energia.

A chefe de Polícia, Nadine Anflor, destacou, na entrega realizada na quarta-feira (30/3), que a melhoria das condições de trabalho para os agentes do Denarc trará ainda mais efetividade para o combate ao crime. “O atual espaço inaugurado faz jus à grandiosidade da instituição e refletirá em um atendimento ainda mais qualificado prestado à população gaúcha”, disse Nadine.

O subchefe de Polícia, delegado Fábio Motta Lopes, ressaltou a importância da integração entre as entidades públicas e privadas para avançar nos serviços e renovar as estruturas da instituição. “Esses diálogos amplos foram fatores primordiais para a execução do projeto de reforma que hoje é entregue para o usufruto dos policiais do departamento e de toda a sociedade que necessita dos serviços da Polícia Civil”, enfatizou.

O Diretor do Denarc, delegado Vladimir Urach, observou que a execução do projeto de reforma, além dos benefícios operacionais imediatos, proporcionará aos servidores um espaço mais moderno e humanizado para o desenvolvimento de suas atividades cotidianas.

O dia 30 de março também foi marcada pelo aniversário do Deic, que completou 25 anos. A unidade especializada recebeu três viaturas discretas, entregues pelo Ministério Público Estadual, oriundas de uma parceria com a instituição.

Diretor do Deic desde 2019, o delegado Sander Ribas Cajal comemorou o aumento da frota ao lado de seus mais de 200 policiais civis, entre agentes e delegados. No combate à criminalidade, ele aposta forte na versatilidade do Deic: são 13 órgãos especializados que atuam no combate ao crime organizado.

A atuação do Deic engloba o combate a roubo de veículos, roubo a banco e antissequestro, corrupção, lavagem de dinheiro, roubo de cargas, crimes contra o meio ambiente, contra o consumidor, contra concessionárias e serviços delegados e contra os crimes virtuais e defraudações.

O departamento ainda atua na captura de foragidos e no apoio das vistorias e devoluções de veículos, além do plantão 24 horas para atendimento ao público e suporte dos acautelados no cárcere.

Texto: Ascom Polícia Civil
Edição: Secom



Governo do Estado do RS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.