Após dois anos sem realização por conta da pandemia, a tradicional exposição agropecuária promovida pela Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) retorna ao parque de exposições da associação, em Rio Pardo. O vice-governador Ranolfo Vieira Júnior participou da abertura oficial da Expoagro Afubra, nesta quarta-feira (23/3), acompanhado da secretária da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti.

Considerada a maior feira voltada à agricultura familiar do país, a Expoagro começou em 2001. O vice-governador exaltou a retomada do evento e relembrou a sua participação na edição de 2019, quando o Estado enfrentava uma série de dificuldades fiscais. “Nós tínhamos a folha de pagamento dos servidores sendo paga com atraso, dívidas com fornecedores, alíquotas e ICMS majorados, e jamais esperávamos que enfrentaríamos uma pandemia, que iria parar o mundo. Hoje, passados esses dois anos, podemos celebrar o retorno da Expoagro Afubra e, celebrar também, a virada de jogo do nosso Estado, com salários e contas em dia, alíquotas reduzidas aos patamares originais e investimentos históricos, que já somam R$ 5,6 bilhões, em todas as áreas”, disse Ranolfo.



Expoagro Afubra 2022 foto3

Ranolfo detalhou valor investido para reduzir efeitos da estiagem
Foto: Rodrigo Ziebell / Ascom GVG

O vice-governador também detalhou o valor investido para reduzir os efeitos da estiagem. “São R$ 275,9 milhões para a agropecuária, sendo R$ 201,4 milhões, mais de 70%, para a irrigação. Valores que irão para abertura de poços artesianos, construção de microaçudes e cisternas, por exemplo”. No início de fevereiro, cerca de 22 mil produtores de fumo estavam sendo afetados pela estiagem em todo Estado, conforme a Emater.

O Rio Grande do Sul é o maior produtor de fumo em folha do país e somado a Santa Catarina e ao Paraná, a região Sul é responsáveis por 98% da produção nacional. Pela necessidade de mão de obra intensiva, a cultura é desenvolvida principalmente na pequena propriedade familiar, na sua grande maioria na região do Vale do Rio Pardo, centro-sul e Sul do Estado.

Entre as novidades desta edição, está a ampliação do Pavilhão da Agricultura Familiar, que dobrou de tamanho, passando de 1,5 mil m² para 3,4 mil m². O novo espaço foi inaugurado após a cerimônia de abertura. A feira, que tradicionalmente ocorria em três dias, também tem duração maior: é realizada de quarta-feira (23/3) a sábado (26/3).

“A Secretaria da Agricultura está apoiando a feira com recursos para o Pavilhão da Agricultura Familiar, que é uma amostra do quanto nossos pequenos empreendedores rurais têm vocação e talento para produzir alimentos variados e de alta qualidade”, destacou Silvana. O novo pavilhão conta com 197 expositores de empreendimentos da agroindústria familiar, flores e artesanato. A secretaria participa com aporte de R$ 170 mil para a feira dos agricultores familiares inscritos no Programa Estadual de Agroindústria Familiar (Peaf).

Texto: Juliana Roll/Ascom GVG
Edição: Marcelo Flach/Secom



Governo do Estado do RS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.