Notícias do Estado e Município

Novo episódio da série sobre o Distanciamento Controlado mostra as adaptações em serviços religiosos

0



O Distanciamento Controlado estabelecido no Rio Grande do Sul também alterou a rotina em igrejas, templos e centros religiosos. O 10º episódio da série sobre o modelo explica como as atividades religiosas estão se adaptando aos protocolos de saúde para conter a disseminação do coronavírus.

As atividades religiosas, como missas, cultos e sessões, só podem ser realizadas com público nas regiões de bandeira amarela e laranja. E somente com até 25% da capacidade de ocupação dos locais. Nas bandeiras vermelha e preta, fica proibido o acesso presencial.

Os municípios podem estabelecer regramento próprio mais rígido do que o estadual. Nesse caso, passam a valer as especificações da prefeitura. Em Porto Alegre, por exemplo, a ocupação máxima permitida em missas e cultos é de 30 pessoas, independentemente da capacidade do local.

Essas e outras normas são mostradas no vídeo, além das alternativas encontradas pelos religiosos para manter os fiéis em casa durante a pandemia.


Canal oficial do governo gaúcho. INSCREVA-SE e saiba em primeira mão as notícias do Rio Grande do Sul.

Siga também nossos perfis no twitter @governo_rs, facebook GovernodoRS e no portal do governo: http://www.rs.gov.br/

Acesse este espaço também par
Crédito: Governo do Rio Grande do Sul

Texto: Thamíris Mondin
Edição: Marcelo Flach/Secom



Site do Autor

Total de presos monitorados com tornozeleiras eletrônicas chega a 5 mil

Previous article

Teste do pezinho previne seis tipos de doenças em recém-nascidos

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *