Notícias do Brasil

Receita registra mais de 34 mil apreensões na alfândega em 2019

0


A Receita Federal registrou, em 2019, mais de 34 mil ocorrências de viajantes que passaram pela fiscalização aduaneira portando mercadoria estrangeira em valores ou quantidades que superaram os limites de isenção. Em relação ao ano anterior, houve aumento de 19,5%.

Segundo a Receita, os viajantes não apresentaram a declaração eletrônica de bens de viajantes, ou seja, fizeram a opção indevida pelo canal Nada a declarar, ou fizeram a declaração com valores ou quantidades inferiores ao que efetivamente portavam.

O imposto pago após a fiscalização chegou a R$ 39,438 milhões, referente a R$ 1,067 bilhão em valor dos bens. Já as multas chegaram a R$ 39,438 milhões.

Foram registradas retenção de mercadorias no valor de R$ 58,236 milhões. As mercadorias são retidas quando os bens do passageiro são em quantidade não permitida ou de natureza que revele destinação comercial ou são de importação proibida.

Apreensão de drogas

Ainda de acordo com a Receita, em 2019 houve “crescimento significativo” das apreensões de cocaína. Foram mais de 57,9 toneladas, 84,08% a mais em relação a 2018. Dessas apreensões, cerca de 93% ocorreram em portos, principalmente em Santos, Paranaguá, Itajaí e Natal.

A apreensão de maconha chegou a 6,4 toneladas, de crack, 40,9 quilos (kg), e drogas sintéticas, 95,6 kg.

* Texto alterado às 19h16 para correção de informação



Source link

Perfuração de poços assinadas neste início de ano beneficiará mil famílias

Previous article

Acolhimento às pessoas com autismo e seus familiares é tema de jornada

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *