Notícias do Estado e Município

Oficina preparatória do Plano de Ação Territorial define espécies alvo para conservação

0



A Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) realizou uma oficina preparatória do Plano de Ação Territorial (PAT), para a preservação de espécies ameaçadas de extinção. A área de atuação do plano, intitulado provisoriamente como PAT Pampa Bagé, abrange 18 municípios da região sul do Estado.

A atividade, nos dias 19 e 20 de novembro, foi uma preparação para a Oficina de Elaboração, marcada para março de 2020. O objetivo principal foi definir as espécies que mais necessitam de preservação, chamadas de espécies alvo, e os limites do território do PAT, ou seja, as cidades nas quais as ações de conservação serão executadas.

Antes da oficina, entre os dias 3 de setembro e 8 de novembro, foram realizadas quatro expedições de campo para levantamento de informações. A primeira registrou sete tipos de peixes-anuais ameaçados de extinção, após coletas em sete municípios.

A segunda e a terceira expedições tiveram como objetivo verificar, em cinco localidades, pontos de ocorrência e estado de conservação de populações de espécies de cactos do pampa. A quarta e última expedição passou por sete cidades e teve enfoque na flora ameaçada de extinção.

Os resultados das expedições foram utilizados para determinar a lista de espécies que serão beneficiadas pelo PAT Bagé e ajudarão a definir as ações prioritárias. O plano de ação deverá ser concluído até julho de 2020, quando iniciará a implementação das ações de conservação previstas, com duração de cinco anos.

Atualmente a Sema, em parceria com o Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina, participa também do PAT Planalto Sul, que engloba as regiões nordeste do RS e sudeste de Santa Catarina.

Projeto Pró-Espécies

A Sema é uma das executoras do projeto Estratégia Nacional para Conservação de Espécies Ameaçadas de Extinção (Pró-Espécies), que tem o objetivo de minimizar os impactos sobre as espécies ameaçadas no Brasil, especialmente 290 espécies criticamente ameaçadas que não estão em áreas protegidas e nem são contempladas por Planos de Ação Nacional (PAN) em execução.

Lista das espécies alvo do PAT Bagé

Flora
Chascolytrum parodianum, Cypella magnicristata, Cypella pusilla, Dyckia donfelicianensis, Frailea mamífera, Herbertia zebrina, Mangonia tweedian, Parodia gaúcha, Parodia neoarechavaletae, Parodia rudibuenekeri, Pavonia secreta, Petunia secreta, Phoradendron habrostachyum, Senna nana, Sphaeralcea bonariensis, Tillandsia bela, Trixis pallida.

Fauna
Austrolebias arachan, Austrolebias bagual, Austrolebias camaquensis, Austrolebias cheradophilus, Austrolebias gymnoventris, Austrolebias juanlangi, Austrolebias melanoorus, Austrolebias nachtigalli, Austrolebias quirogai, Austrolebias reichert, Austrolebias univentripinnis, Austrolebias vazferreirai, Leopardus colocola, Melanophryniscus sanmartini.

Texto: Laura Maria, com supervisão de Vanessa Trindade/Ascom Sema
Edição: Secom



Site do Autor

Sema realiza na terça-feira (3) seminário regional sobre espécies exóticas invasoras

Previous article

Habilidades humanas no gerenciamento de projetos foi tema de palestra para servidores

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *